Direitos das Mulheres

Vídeos

https://youtu.be/RNbcjyUrw1E https://youtu.be/9i66YcEOJ-k https://youtu.be/ZaoWm1Hr-Fw https://youtu.be/TXTKR4s1cl0
https://youtu.be/RNbcjyUrw1E
https://youtu.be/9i66YcEOJ-k
https://youtu.be/ZaoWm1Hr-Fw
https://youtu.be/TXTKR4s1cl0

Notícias

Referências

As referências abaixo foram utilizadas para compor o guia O que o ISP pode fazer por… “Direitos das Mulheres”

 

Materiais referência de pesquisa (textos, legislação e outros):

CARVALHO, José Raimundo; OLIVEIRA, Victor Hugo. (2017). Pesquisa de condições socioeconômicas e violência doméstica e familiar contra a mulher: violência doméstica e seu impacto no mercado de trabalho e na produtividade das mulheres (Relatório Executivo II – Primeira Onda – 2016). Universidade Federal do Ceará, CAEN, Instituto Maria da Penha e Laboratório de Economia e Otimização: Fortaleza, 2017. Disponível em: http://www.onumulheres.org.br/wp-content/uploads/2017/11/violencia_domestica_trabalho_ago_17.pdf.

ESTRATÉGIA ODS. (22 de outubro de 2018). Estratégia ODS: http://www.estrategiaods.org.br/.

FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA – FBSP. (2018). Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2018. São Paulo, 2018. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2019/03/Anuario-Brasileiro-de-Seguran%C3%A7a-P%C3%BAblica-2018.pdf.

FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA – FBSP; DATAFOLHA. (2019). Visível e invisível: a vitimização de mulheres no Brasil – 2ª edição. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/publicacoes/visivel-e-invisivel-a-vitimizacao-de-mulheres-no-brasil-2-edicao/.

Fundação Sistema de Análise de Dados – SEADE. (2017). O trabalho doméstico na Região Metropolitana de São Paulo 2016. Seade: Abr. 2017. Disponível em: http://www.seade.gov.br/produtos/midia/2017/04/Press_domestica_abr2016-1.pdf.

GIFE. (2019). Censo GIFE 2018. São Paulo: GIFE. Disponível em: https://sinapse.gife.org.br/download/censo-gife-2018.

GIFE. (2019). Hotsite do projeto ISP Por: isppor.gife.org.br.

HUNT; Vivian; YEE, Lareina; PRINCE, Sara; DIXON-FYLE, Sundiatu. (Janeiro de 2018). “Delivering through diversity”. Report. McKinsey & Co.:. https://www.mckinsey.com/business-functions/organization/our-insights/delivering-through-diversity. Jan, 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. (2017). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2017. Disponível em: https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/pesquisas/pesquisa_resultados.php?id_pesquisa=149.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. (2019). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/9173-pesquisa-nacional-por-amostra-de-domicilios-continua-trimestral.html?=&t=o-que-e

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. (2018). “Estatísticas de Gênero Indicadores sociais das mulheres no Brasil”. Estudos e Pesquisas; Informação Demográfica e Socioeconômica, n.38. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101551_informativo.pdf.

INSTITUTO ETHOS (2016). Perfil social, racial e de gênero das 500 maiores empresas do brasil e suas ações afirmativas. São Paulo: Instituto Ethos. Disponível em: https://www.ethos.org.br/cedoc/perfil-social-racial-e-de-genero-das-500-maiores-empresas-do-brasil-e-suas-acoes-afirmativas/.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA; FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA – FBSP. (2017). Atlas da Violência 2017. Rio de Janeiro: 2017.  Disponível em: http://www.ipea.gov.br/atlasviolencia/download/2/atlas-2017.

MACHADO, Cecília; NETO, Valdemar Pinho. (2016). “The Labor Market Consequences of Maternity Leave Policies: Evidence from Brazil”. EPGE-FGV: Dec. 2016. Disponível em: https://portal.fgv.br/sites/portal.fgv.br/files/the_labor_market_consequences_of_maternity_leave_policies_evidence_from_brazil.pdf.

TIBURI, Márcia. O que é feminismo? Revista Cult, 4 de março de 2015: https://revistacult.uol.com.br/home/o-que-e-feminismo/.

ONU MULHERES. (22 de novembro de 2019). “Ganha-Ganha: Igualdade de Gênero Significa Bons Negócios”. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/ganha-ganha/.

WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da Violência 2015: Homicídio de mulheres no Brasil. Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR); Organização Pan-Americana da Saúde – Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS); ONU Mulheres; Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso): Brasília, 2015. Disponível em www.mapadaviolencia.org.br.

WORLD ECONOMIC FORUM. (2017). Global Gender Gap Report 2017. Disponível em: http://reports.weforum.org/global-gender-gap-report-2017/.

     Vídeos:

Cases (“Inspire-se”):

Links pela ordem que aparecem no texto:

    1. Série sobre o projeto ISP Por no canal de Youtube do GIFE: https://www.youtube.com/playlist?list=PLzXv8s8_J1bzbuJTj3PTd4cPb8C9wuAf3
    2. Plataforma online do projeto ISP Por:   isppor.gife.org.br
    3. Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã (1791): http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Documentos-anteriores-%C3%A0-cria%C3%A7%C3%A3o-da-Sociedade-das-Na%C3%A7%C3%B5es-at%C3%A9-1919/declaracao-dos-direitos-da-mulher-e-da-cidada-1791.html
    4. Declaração de Seneca Falls (ou “Declaração de sentimentos”) (1848): https://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_de_Sentimentos
    5. Declaração e Plataforma de Ação de Pequim (1995): https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/cdhm/comite-brasileiro-de-direitos-humanos-e-politica-externa/DecPequimquartconfmulh.html
    6. Lei Maria da Penha (Lei no 11.340/2006): http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11340.htm
    7. Lei nº 12.034/2009: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L12034.htm
    8. Resolução nº 23.553/2017 do Tribunal Superior Eleitoral: http://www.tse.jus.br/legislacao-tse/res/2017/RES235532017.html
    9. Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs) (ONU): http://www.onumulheres.org.br/referencias/principios-de-empoderamento-das-mulheres/
    10. Convenção e Recomendação sobre Trabalho Decente para as Trabalhadoras e os Trabalhadores Domésticos (Convenção no 189 da Organização Internacional do Trabalho – OIT): https://www.ilo.org/wcmsp5/groups/public/—ed_protect/—protrav/—travail/documents/publication/wcms_169517.pdf
    11. Lei do Feminicídio (Lei no 13.104/2015): http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13104.htm
    12. Ratificação da Convenção 189 da OIT (Decreto Legislativo nº 172/2017): https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decleg/2017/decretolegislativo-172-4-dezembro-2017-785852-publicacaooriginal-154384-pl.html
    13. Plataforma Estratégia ODS: http://www.estrategiaods.org.br/
    14. Plataforma de Filantropia dos ODS do Brasil: https://www.sdgphilanthropy.org/Brazil-SDGPP
    15. Vídeo com a fala de Margareth Goldenberg (Goldenberg Consultoria): https://www.youtube.com/watch?v=9i66YcEOJ-k&list=PLzXv8s8_J1bzbuJTj3PTd4cPb8C9wuAf3&index=20&t=0s
    16. Projeto “Educar para a Igualdade Racial e de Gênero”: https://ceert.org.br/premio-educar
    17. Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT): https://ceert.org.br/
    18. “Elas nas Exatas”: http://www.fundosocialelas.org/elasnasexatas/
    19. Fundo ELAS: http://www.fundosocialelas.org/
    20. Instituto Unibanco: https://www.institutounibanco.org.br/
    21. Fundação Carlos Chagas: https://www.fcc.org.br/fcc/
    22. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    23. Laude Foundation: https://www.institutocea.org.br
    24. Teoria de mudança organizacional Laudes Foundation: https://www.institutocea.org.br/trabalho/como/teoria-da-mudana
    25. Teoria de mudança específica sobre justiça de gênero Laudes Foundation: https://www.institutocea.org.br/pt/tocs/toc04.08.17gender.pdf
    26. Processo para Laudes Foundation compreender e abordar gênero: https://www.institutocea.org.br/noticias/artigos/2019/09/genero-equidade-e-incluso-a-jornada-do-instituto-cea
    27.  “Declaração sobre igualdade e inclusão” Laudes Foundation: https://institutocea.org.br/trabalho/resultados/publications/declarao-de-ao-para-igualdade-e-incluso-da-ca-foundation
    28. Vídeo com a fala de Amália Fischer (Fundo Elas): https://www.youtube.com/watch?v=RNbcjyUrw1E&list=PLzXv8s8_J1bzbuJTj3PTd4cPb8C9wuAf3&index=18&t=0s
    29. Fundo ELAS: http://www.fundosocialelas.org/
    30. British Council: https://www.britishcouncil.org.br/
    31. Open Society Foundations: https://www.opensocietyfoundations.org/
    32. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    33. Global Fund for Women: https://www.globalfundforwomen.org/
    34. OAK Foundation: https://oakfnd.org/
    35. Instituto Ibirapitanga: https://www.ibirapitanga.org.br/
    36. Fundação Ford: https://www.fordfoundation.org/our-work-around-the-world/brazil/
    37. Women’s Foundation of Minnesota: https://www.wfmn.org/
    38. Mulheres em Movimento: http://fundosocialelas.org/mulheres-em-movimento/
    39. Edital Elas Periféricas: https://conteudo.fundacaotidesetubal.org.br/edital-elas-periferias-2019
    40. Fundação Tide Setubal: fundacaotidesetubal.org.br
    41. Programa de aceleração do desenvolvimento de lideranças femininas negras: Marielle Franco: http://baoba.org.br/programa-marielle-franco-de-aceleracao-do-desenvolvimento-de-liderancas-femininas-negras/
    42. Instituto Ibirapitanga: https://www.ibirapitanga.org.br/
    43. Fundação Ford: https://www.fordfoundation.org/our-work-around-the-world/brazil/
    44. Open Society Foundations: https://www.opensocietyfoundations.org/
    45. Fundo Baobá: https://baoba.org.br/
    46. Kellogg Foundation: https://www.wkkf.org/
    47. Documento “Nota de democracia paritária” (ONU Mulheres): http://www.onumulheres.org.br/wp-content/uploads/2018/06/Nota_Democracia-Paritaria_FINAL.pdf
    48. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    49. Linha de fomento a liderança e participação política:  http://www.onumulheres.org.br/areas-tematicas/lideranca-e-participacao/
    50. Rede de Mulheres Negras na América Latina e Caribe: http://www.mujeresafro.org/
    51. Vídeo com a fala de Jacira Melo (Instituto Patrícia Galvão): https://www.youtube.com/watch?v=TXTKR4s1cl0&list=PLzXv8s8_J1bzbuJTj3PTd4cPb8C9wuAf3&index=19&t=0s
    52. Campanha “Você Não Está Sozinha”: http://www.vocenaoestasozinha.org/
    53. Instituto Avon: http://www.institutoavon.org.br/#/
    54. Corregedoria Geral da Administração: http://www.corregedoria.sp.gov.br/
    55. Instituto Avon: http://www.institutoavon.org.br/#/
    56. Vetor Brasil: https://vetorbrasil.org/
    57. Campanha “Trabalho sem Assédio Sexual”: http://www.trabalhosemassediosexual.sp.gov.br/
    58. Geledés Instituto da Mulher Negra: https://www.geledes.org.br/
    59. Aplicativo Juntas: https://juntas.geledes.org.br/
    60. Themis Gênero e Justiça: http://themis.org.br/
    61. Mapa do Acolhimento: https://www.mapadoacolhimento.org/
    62. Casa da Mulher Brasileira de São Paulo: https://www.mdh.gov.br/navegue-por-temas/politicas-para-mulheres/arquivo/assuntos/violencia/cmb
    63. Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos): https://www.mdh.gov.br/navegue-por-temas/politicas-para-mulheres
    64. Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (Prefeitura de São Paulo):  prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/direitos_humanos/a_secretaria/index.php?p=148581
    65. Instituto Avon: http://www.institutoavon.org.br/#/
    66. Princípios de Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres e Pacto Global): http://www.onumulheres.org.br/referencias/principios-de-empoderamento-das-mulheres/
    67. Rede Brasil do Pacto Global: https://www.pactoglobal.org.br/
    68. Agência da ONU para Refugiados (ACNUR): https://www.acnur.org/portugues/
    69. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    70. Projeto Empoderando Refugiadas: https://nacoesunidas.org/projeto-empoderando-refugiadas-recebe-participantes-para-sua-4a-edicao/
    71. Natura: https://www.natura.com.br/
    72. Promoção de lideranças femininas da Natura: https://movimentomulher360.com.br/praticas/natura-politica-de-igualdade-de-genero-orienta-a-atracao-o-recrutamento-e-a-promocao-de-liderancas-femininas-da-empresa-no-brasil-e-no-mundo/
    73. Adoção da licença-paternidade de 40 dias pela Natura: https://movimentomulher360.com.br/praticas/natura-licenca-paternidade-de-40-dias-contribui-a-equidade-de-genero/
    74. Avon: https://www.avon.com.br/
    75. Instituto Avon: http://www.institutoavon.org.br/#/
    76. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    77. Fundação Dom Cabral: https://www.fdc.org.br/
    78. Instituto Avon: http://www.institutoavon.org.br/#/
    79. Avon: https://www.avon.com.br/
    80. Workshops sobre paternidade ativa (Avon): https://movimentomulher360.com.br/praticas/workshops-e-pesquisas-destacam-papel-do-homem-na-equidade-de-genero/
    81. “Programa Nascer Bem” (Avon): https://movimentomulher360.com.br/praticas/avon-programa-nascer-bem-da-avon-acolhe-maes-desde-o-inicio-da-gestacao-ate-o-retorno-da-licenca-maternidade/
    82. WiL – Women in Leadership (Avon): https://movimentomulher360.com.br/praticas/desenvolvimento-de-talentos-femininos-2/
    83. Estabelecimento de planos e metas de contratação e desenvolvimento de mulheres negras (Avon): https://movimentomulher360.com.br/praticas/avon-estabelece-planos-e-metas-para-contratacao-de-mulheres-negras/
    84. Suporte profissional para funcionárias e funcionários e dependentes: https://movimentomulher360.com.br/praticas/avon-programas-voltados-saude-e-qualidade-de-vida-abrem-espaco-aos-funcionarios-para-denunciarem-violencia-contra-mulher/
    85. Magazine Luiza: https://www.magazineluiza.com.br/
    86. Criação do Canal de enfrentamento à violência (Magazine Luiza): https://agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/magazine-luiza-mete-colher-e-incentiva-denuncia-da-violencia-contra-as-mulheres/
    87. Instituto Patrícia Galvão: https://dossies.agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/sobre-o-instituto-patricia-galvao-e-o-projeto/
    88. Movimento Mulher 360: https://movimentomulher360.com.br/
    89. Walmart Brasil (Grupo BIG): https://www.big.com.br/
    90. Instituto Consulado da Mulher: http://consuladodamulher.org.br/
    91. Empresa júnior pública da Fundação Getúlio Vargas: http://ejfgv.com/contato/?gclid=EAIaIQobChMItvHXto_y5wIVloKRCh2aqwLyEAAYASAAEgIb0vD_BwE
    92. Rede Asta: http://redeasta.com.br/
    93. Fundação Volkswagen: http://www.fundacaovolkswagen
    94. Plan International Brasil: https://plan.org.br/
    95. Projeto “Escola de Liderança para Meninas”: https://plan.org.br/escola-de-lideranca-para-meninas/
    96. Portal Meninas líderes: https://meninaslideres.org.br/
    97. Projeto “A Revolução das Princesas”: http://arevolucaodasprincesas.com.br/
    98. Unilever: www.unilever.com.br
    99. The Female Quotient (TQF): https://www.thefemalequotient.com/
    100. Estudo “The Unstereotyped Mindset”: https://uploads.intercomcdn.com/i/o/19653426/84241c93be00faf9646b4375/Infogr%C3%A1fico_Pesquisa+Unilever_Como+estere%C3%B3tipos+impactam+o+progresso+da+equidade+de+g%C3%AAnero.pdf
    101. Instituto Patrícia Galvão: https://dossies.agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/sobre-o-instituto-patricia-galvao-e-o-projeto/
    102. Instituto Avon: http://www.institutoavon.org.br/#/
    103. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    104. Plataforma Violência contra as Mulheres em Dados https://dossies.agenciapatriciagalvao.org.br/violencia-em-dados/
    105. Revista AzMina: https://azmina.com.br/
    106. Open Society Foundations: https://www.opensocietyfoundations.org/
    107. Gênero e Número: http://www.generonumero.media/
    108. Fundação Ford: https://www.fordfoundation.org/our-work-around-the-world/brazil/
    109. Movimento ElesPorElas (HeForShe)): https://www.heforshe.org/pt-br
    110. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    111. Projeto Barbearua: https://www.heforshe.org/pt-br/barbershop
    112. PapodeHomem: www.papodehomem.com.br
    113. Zooma Inc: https://zoomainc.com/
    114. ONU Mulheres: http://www.onumulheres.org.br/
    115. Natura Homem: https://www.natura.com.br/
    116. Reserva: https://www.usereserva.com/
    117. Pesquisa “O Silêncio dos Homens”: www.papodehomem.com.br/silencio
    118. Documentário “O Silêncio dos Homens”: https://www.youtube.com/watch?v=NRom49UVXCE&feature=emb_logo

 

Outros temas

Realização

Conheça as organizações que promoveram a realização desse tema no projeto: